Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Adversários políticos prestam condolências a Bolsonaro pela morte da mãe

Adversários políticos prestam condolências a Bolsonaro pela morte da mãe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Adversários políticos colocaram críticas e desentendimentos de lado nesta sexta-feira (21) para prestar condolências ao presidente Jair Bolsonaro (PL) após a morte de sua mãe. Os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos), que antagonizam o presidente, foram às redes comentar o ocorrido.


“Divergências profundas não podem ser maiores do que o respeito pela dor humana. Meus sentimentos ao presidente da República pela perda da mãe”, publicou Moro. Ciro também falou que há momentos que superam divergências. “Meus pêsames a Bolsonaro pela perda de sua mãe”, disse.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), que também pode ser um dos nomes da corrida presidencial de 2022, e tem tido atritos com o governo, publicou uma nota de pesar. “Meus sentimentos ao presidente Jair Bolsonaro em razão do falecimento de sua mãe, Olinda Bolsonaro, ocorrido nesta sexta-feira. Estendo minhas condolências aos demais familiares e amigos. Que Deus conforte a todos!”.

Olinda Bonturi Bolsonaro, de 94 anos, faleceu na madrugada desta sexta-feira. Internada em um hospital de Registro, no interior de São Paulo, desde a segunda-feira, 17, o motivo da morte não foi comunicado pela família.

Comentários