Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Britney Spears xinga irmã de ‘escória’ após publicação de livro de memórias

Britney Spears xinga irmã de 'escória' após publicação de livro de memórias
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A cantora Britney Spears, 40, continua muito brava com a irmã, a escritora Jamie Lynn, 30, que recentemente tornou público seu livro polêmico de memórias que expõe a vida da irmã.


Pelas redes sociais, Britney compartilhou um vídeo de um programa de TV debatendo o assunto e xingou Jamie de “escória”. “Sucesso nacional? O timing do seu livro é inacreditável, Jamie Lynn. Especialmente sabendo que o mundo inteiro não tem nenhuma pista do que aconteceu comigo de verdade. Você é a escória”, postou.

O livro foi publicado dois meses depois de Britney ter se libertado da tutela de seu pai após batalha judicial que durou 13 anos. No último dia 18, a atriz e cantora Jamie Lynn Spears, 30, afirmou ter recebido um pedido de desculpas de sua irmã, Britney Spears, e compartilhou a mensagem de texto com o público em seu novo livro de memórias, segundo o site Page Six.

“Em uma mensagem recente da minha irmã, ela se declarou: ‘Sei que não é sua culpa e sinto muito por estar tão brava com você. Embora eu seja sua irmã mais velha, preciso de você mais do que você precisa de mim e sempre precisou’”, escreveu Jamie Lynn no livro “Coisas que eu deveria ter dito”.

O representante de Britney não respondeu quando a Page Six entrou em contato para confirmar a autenticidade da mensagem.

As irmãs Spears estão em atrito há anos, pois Britney sentiu que Jamie Lynn não estava lá para ela durante sua batalha de tutela.

Embora não esteja claro quando a estrela pop enviou o suposto mea culpa, a atriz o incluiu no capítulo de seu livro que detalha a audiência bombástica de junho de 2021 em que Britney disse que sua família “deveria estar na cadeia” pela tutela abusiva a que foi submetida durante 13 anos, que foi encerrada em novembro.

“Eu rezo pelo dia em que ela compartilhe essas palavras com o mundo,” Jamie Lynn escreve sobre o suposto pedido de desculpas de Britney. “Não tenho controle sobre nada que a mídia relata e não posso ser responsabilizada por algo sobre o qual não tenho absolutamente nenhum controle.”

Embora as irmãs possam ter se entendido em algum momento, a publicação do livro reabriu velhas feridas. Uma fonte disse exclusivamente ao Page Six na semana passada que Britney estava “revirando os olhos” com Jamie Lynn falando sobre sua briga durante entrevistas na TV promovendo seu livro de memórias.

Comentários