Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Coração acelerado é fator de risco para esta (assustadora) condição

Coração acelerado é fator de risco para esta (assustadora) condição
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Batimentos cardíacos elevados podem ser um fator de risco para o surgimento de demência com o avançar da idade. Esta é a principal conclusão de um estudo realizado por investigadores do Instituto Karolinska, na Suécia, publicado na revista Alzheimer’s and Dementia. 


“Se analisarmos cuidadosamente a função cognitiva destes pacientes e intervirmos precocemente, o início da demência poderá ser atrasado, o que pode ter um impacto substancial na qualidade de vida das pessoas”, refere Yume Imahori, principal autor do estudo, citado pela BBC Science Focus Magazine.

Recorde-se que demência é um termo genérico utilizado para designar um conjunto de doenças que se caracterizam por alterações cognitivas que podem estar associadas a perda de memória, alterações da linguagem e desorientação no tempo ou no espaço. Para a maioria não existe tratamento e também não há uma forma definitiva de prevenir a demência. 

Leia Também: A popular bebida que duplica o risco de câncer do intestino

Comentários