Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Dois remédios contra a covid-19 vão ser fabricados na forma de genérico, diz OMS

Dois remédios contra a covid-19 vão ser fabricados na forma de genérico, diz OMS
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

A cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Soumya Swaminathan, afirmou nesta sexta-feira, 21, que dois remédios contra a covid-19, um da Merck e outro da Pfizer, vão ser fabricados como genéricos, o que poderá ampliar a distribuição deles para outros países.

De acordo com a cientista, os dois medicamentos, quando usados no começo da infecção pelo coronavírus, são eficazes. “Vamos lançar as recomendações sobre o uso desses remédios nas próximas semanas”, destacou.

Soumya Swaminathan ainda afirmou, durante coletiva, que o vírus da covid-19 continua se multiplicando rapidamente e criando condições para o surgimento de novas variantes. Segundo ela, ainda não há consenso nem urgência no desenvolvimento de uma vacina contra a variante Ômicron, pois até o momento, os imunizantes atuais continuam funcionando bem contra casos severos.

A diretora do Departamento de Imunização da Organização Mundial da Saúde (OMS), a médica Kate O’Brien, também participou da coletiva. Ela afirmou que a OMS ainda não sabe exatamente o quanto a proteção da dose adicional vai durar. “A expectativa é que a resposta imune das três doses será duradoura”, ponderou.

Vacina

A OMS passou a recomendar a aplicação da vacina contra covid-19 da Pfizer-BioNTech para crianças acima de 5 anos com dosagem reduzida. O órgão também recomenda que a vacinação em dose de reforço deve começar com os grupos prioritários quatro a seis meses após a conclusão da série primária.

Comentários