Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Mau hálito? Cinco dicas que vão resolver o seu problema

Mau hálito? Cinco dicas que vão resolver o seu problema
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

O mau hálito é motivo de desconforto e as suas causas podem estar relacionadas com uma higiene oral pouco eficaz, o que acaba por levar à proliferação das bactérias na cavidade oral, originando um odor desagradável. 


Contudo, outros fatores podem contribuir para a halitose, como a xerostomia (diminuição da saliva ao longo do dia), o tipo de alimentação, longos períodos sem comer, o tabagismo, o excesso de álcool, doenças sistêmicas, bem como problemas relacionados com o sistema digestivo

Na verdade, é comum que, em algum momento, já todos tenhamos experienciado a sensação de mau hálito. No entanto, se este persiste e interfere na qualidade de vida e na autoestima, deve se visitar um dentista.

Neste sentido, veja algumas dicas para que o mau hálito não volte a ser um problema:

1- Escove os dentes frequentemente, sem esquecer a língua

Para conseguir uma boca saudável é essencial escovar os dentes com uma pasta fluoretada, pelo menos, duas vezes ao dia e utilizar fio dentário diariamente, em alguns casos, pode ser indicado o uso de um elixir sem álcool. Contudo, a língua é uma das zonas que mais acumula bactérias e não pode ficar de fora da rotina de higiene oral, usando um raspador de língua.

2- Adote hábitos alimentares saudáveis

Pensa-se que apenas alimentos com um sabor mais forte, como o alho ou a cebola, poderão ser causadores de maus odores. Contudo, alimentos ácidos, refrigerantes, café, lacticínios, entre outros também contribuem para o desenvolvimento da halitose.

3- Mantenha a boca umedecida

Uma vez que a saliva ajuda a manter a boca higienizada, aquando da sua diminuição a proliferação de bactérias é maior e consequentemente o mau hálito poderá surgir. Assim, beber muita água e ao longo do dia ajuda a estimular a produção de saliva e a manter a boca húmida.

4- Evite o cigarro e bebidas alcoólicas

Além dos inúmeros problemas de saúde que provoca, o tabaco, devido às substâncias nocivas que contém, contribui para a alteração dos tecidos da boca e para a diminuição da produção de saliva, provocando a halitose, bem como o consumo excessivo de álcool.

5- Não fique mais de três horas sem comer

O ideal é comer a cada três horas, pois a ingestão não só estimula a produção de saliva, como evita que o organismo, se estiver em jejum há demasiado tempo, começa a queimar gordura e produzir ácidos, que automaticamente se transformam em mau hálito.

Comentários