Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Nadal chora ao chegar à final do Australian Open e diz que pensou em parar

Nadal chora ao chegar à final do Australian Open e diz que pensou em parar
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Rafael Nadal venceu o italiano Matteo Berrettini por 3 sets a 1 (6/3, 6/2, 3/6 e 6/3), nesta sexta-feira (28), e avançou à final do Australian Open. O tenista espanhol chorou após a vitória e revelou que pensou em parar de jogar tênis pelos momentos difíceis que enfrentou nos últimos meses.


“Passei muitos momentos difíceis, sem ver a luz. Foram muitas conversas com meu time, a família, sobre o que podia acontecer se as coisas continuassem assim… que talvez fosse o momento de dizer adeus”, disse Nadal.

“Não posso reclamar, especialmente nestes tempos com muitas pessoas morrendo no mundo. Meus meses não são difíceis em comparação com o que muitas famílias passaram perdendo os seus. Isso é difícil, não o que eu passei”, acrescentou.

O desabafo de Nadal tem relação com sua recuperação de uma lesão no pé – há seis meses ele estava usando muletas. Além disso, ele testou positivo para Covid-19 há 30 dias, o que também prejudicou sua preparação.

Nas quartas de final, contra Denis Shapovalov, Nadal jogou por 4 horas e 8 minutos. Ele perdeu quatro quilos durante a partida e sofreu com desidratação. Seu técnico, Carlos Moyá revelou que o jogador estava bastante debilitado.

O adversário de Nadal na final será o russo Daniil Medvedev, que venceu o grego Stefanos Tsitsipas, por 3 sets a 1 (7/6, 4/6, 6/4 e 6/1). A decisão acontece no domingo (30), às 5h30 (de Brasília).

Comentários