Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Renato Góes diz que defeitos de Zé Leôncio o atraíram em ‘Pantanal’

Renato Góes diz que defeitos de Zé Leôncio o atraíram em 'Pantanal'
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Renato Góes, 35, se prepara para dar vida ao peão Zé Leôncio na primeira fase do remake de “Pantanal”, que estreia neste ano na Globo. O personagem, que vai ter diversas questões com o pai, Joventino (Irandhir Santos), a quem precisará provar que pode ser tão bom quanto ele.


“Ele é um cara muito reto, muito honesto, e que tem um senso de justiça dentro das coisas que ele acredita”, diz Góes sobre o personagem. “Mas também é um cara que se passa no tratamento, nas ameaças, na grosseria.”

“Por outro lado, ele tem uma honestidade e retidão que são muito admiráveis”, avalia. “O que mais me atrai no Zé Leôncio são os defeitos que tem, o fato de não fugir deles, de encará-los.”

Na trama, o personagem também será vivido por Drico Alves e Marcos Palmeira em diferentes fases. Zé Leôncio vai aos poucos se tornando o sucessor natural de Joventino, que é justo e honesto, mas que cobra do filho ser o melhor no que faz.

Depois de se fixarem no Pantanal, onde compram terras para começar uma criação de gado, Joventino desaparece no meio da mata. Com isso, Zé Leôncio acaba se tornando uma pessoa amargurada, que não consegue se relacionar com o filho como o fazia com o pai.

Comentários