Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Sia diz ter tido pensamentos suicidas e recaída após sofrer críticas por filme

Sia diz ter tido pensamentos suicidas e recaída após sofrer críticas por filme
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Depois de ser bastante criticada pelo filme “Music”, dirigido por ela em 2021 e que recebeu indicações ao Globo de Ouro, a cantora Sia, 46, conta que teve pensamentos suicidas e uma recaída depois da tormenta que virou sua vida. As informações são da Variety.


De acordo com a publicação, a artista ficou com a saúde mental muito debilitada e precisou recorrer a ajuda médica em um centro de reabilitação.

Na ocasião, a cantora e diretora foi julgada por ter dado uma representação pouco interessante ao autismo em seu longa. Vários jornais também endossaram as críticas e as redes sociais foram implacáveis com ela.

Sia comentou sobre o cancelamento em fevereiro de 2021 nas redes sociais e posteriormente a isso desativou seu Twitter.

“Eu estava suicida e tive uma recaída”, contou ela ao New York Times. Segundo Sia, quem a ajudou a se recuperar foi Kathy Griffin, estrela da sitcom ‘Suddenly Susan’. “Ela salvou minha vida”, emendou.

Em outra reportagem do New York Times, em 2014, ela já havia falado sobre sua luta contra o vício em álcool e analgésicos e revelou que os primeiros pensamentos suicidas começaram em meados de 2010.

O longa “Music” mostra a história de Music (Maddie Ziegler), uma adolescente autista que perde a família e precisa ser cuidada por sua meia-irmã Zu (Kate Hudson), uma jovem que é ex-dependente química e que tem dificuldades na sua criação. Ambas encontram na música um ponto de equilíbrio para lidar com as dificuldades.

A escalação de Maddie para viver a protagonista autista foi muito criticada pelo fato de ela não ter autismo, o que irritou muitas entidades.

Comentários