Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Vereador preocupado com construção de faixa elevada em Rondonópolis

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

O Vereador Adonias Fernandes (MDB), usou a tribuna da Câmara Municipal para fazer um alerta sobre a construção da faixa elevado que está sendo construída em frente a uma rede atacadista na Avenida Bandeirantes em Vila Operária.
“Eu estou muito preocupado com aquela obra ali em frente ao Assaí na Bandeirantes, nós temos ali do lado uma funerária, nós temos há 100mts tem o Corpo de Bombeiros e Samu, e já na descida tem uma faixa elevada. Eu não estudei engenharia, mas estou deixando registrado a minha preocupação.
Por outro lado, o secretário de trânsito Lindomar Alves, afirmou em entrevista a uma rádio local, que no início da obra enviou um técnico da Setrat para averiguar a obra e fez alguns apontamentos, em seguida encaminhou para a direção do Assaí e executora da obra Coder, pois a obra é custeada pelo atacadista, e posteriormente na entrega irá avaliar se receberá ou não a faixa elevada.

Qual a função das faixas elevadas ?
Podemos considerar alguns aspectos importantes que levam as diretorias de trânsito a optar pela medida:
·         Melhora as condições de acessibilidade e segurança dos pedestres nas vias públicas;
·         Amplia a visibilidades da travessia dos pedestres;
·         Reduz a velocidade dos automóveis.
Assim, não se trata de “lombadas”, tem muito mais a ver com a segurança do pedestre do que com a do motorista.  Por isso mesmo, a proposta é que essa faixa elevada esteja mais nivelada com as calçadas.
Quem caminha pela faixa elevada, no entanto, precisa continuar bastante atento ao atravessar a rua, continuar olhando para os dois lados e se certificar de que está sendo visto pelos motoristas.
Sabemos que nessas faixas, sejam elas elevadas ou não, não é permitido ao motorista estacionar ou sequer parar.
Faz parte do Art. 181 do Código de Trânsito Brasileiro e quem não respeita a norma é penalizado com 5 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).
A multa para quem estacionar na faixa é de R$ 195,23 e o veículo pode ser apreendido.
Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real
O post Vereador preocupado com construção de faixa elevada em Rondonópolis apareceu primeiro em Portal MT.

Comentários