Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Adrilles Jorge é demitido da Jovem Pan após suposta saudação nazista

Adrilles Jorge é demitido da Jovem Pan após suposta saudação nazista
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Comentarista da Jovem Pan, Adrilles Jorge foi demitido da emissora após ter feito uma suposta saudação nazista no momento em que abordava o caso Monark em um noticiário transmitido ao vivo. Monark defendeu a existência de um partido nazista e também foi desligado do Flow Podcast.


Na ocasião, ele estendeu a palma da mão para o alto em movimento similar ao “Sieg Heil”, uma saudação nazista usada por Adolf Hitler (1889-1945) que em alemão significa “viva a vitória”.

Procurada, a Jovem Pan confirmou que ele foi demitido. Em nota, a emissora reforçou que repudia qualquer manifestação em defesa do nazismo e suas ideias. “Somos veementemente contra a perseguição a qualquer grupo por questões étnicas, religiosas, raciais ou sexuais.”

Em outro trecho, cita que os comentaristas têm independência para emitir opiniões, respeitando os limites da lei, “opiniões estas que não refletem as posições do Grupo Jovem Pan.”

Em vídeo publicado na manhã desta quarta-feira (9), o comentarista e ex-BBB Adrilles negou que tenha tido essa atitude e destacou que ele apenas queria se despedir de uma forma mais despojada.

“Não fiz nada, sou antinazista. Por outro lado, posso pedir desculpas por quem tenha se enganado com esse gesto, jamais faria um gesto a título de gracejo”, disse ele.

Depois do ato no programa, o apresentador da atração, William Travassos, repudiou no ar a saudação que ele também aparentemente entendeu como errada e disse: “Surreal, Adrilles”. Pelo Twitter, onde o nome de Adrilles ficou entre os assuntos mais comentados, o comentarista também se explicou.

“A insanidade dos canceladores ultrapassou o limite da loucura. Depois de um discurso meu veemente contra qualquer defesa do nazismo, um tchau é interpretado como uma saudação nazista. Nazista é a sanha cancelamentora que não enxerga o próprio senso criminoso”, postou Adrilles.

Comentários