Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Bolsonaro volta a chamar nordestinos de ‘pau de arara’: ‘Pô, é isso aí’

Bolsonaro volta a chamar nordestinos de 'pau de arara': 'Pô, é isso aí'
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Em viagem pelo Nordeste para inaugurar trechos da transposição do Rio São Francisco na tentativa de alavancar a popularidade do governo na região, o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a usar expressões consideradas preconceituosas nesta terça-feira, 8, para se referir aos nordestinos: “cabra da peste”, “pau de arara”, “arataca” e “cabeçudo”.


“Eu sempre me referi, entre os amigos Cabra da peste, pau de arara. Me chamam de alemão também. Arataca, cabeçudo. Pô, é isso aí”, disse Bolsonaro em vídeo divulgado pelo blog Magno Martins, gravado durante visita a uma estação de bombeamento da transposição inaugurada em Salgueiro (PE).

Na semana passada, Bolsonaro chamou seus assessores nordestinos de “paus de arara” durante transmissão ao vivo nas redes sociais e errou a origem de Padre Cícero – em vez de Ceará, disse Pernambuco. O advogado João Arnaldo Novaes, pré-candidato ao governo de Pernambuco pelo PSOL, entrou com uma notícia-crime no Supremo Tribunal Federal (STF) pelo uso da expressão.

Ainda assim, o presidente afirmou no vídeo desta terça-feira que é uma “satisfação” atender ao povo nordestino com a transposição do São Francisco.

O Nordeste é a região onde Bolsonaro tem a maior dificuldade eleitoral na comparação com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seu principal adversário nas eleições deste ano.

O governo federal vê na transposição e no Auxílio Brasil de R$ 400 possíveis “pontos de virada” para a popularidade do presidente nos Estados do Nordeste.

Comentários