Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Família indiana com vistos morre congelada na fronteira EUA-Canadá

Família indiana com vistos morre congelada na fronteira EUA-Canadá
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Uma família de quatro pessoas deixou a Índia no dia 10 de janeiro na esperança de emigrar para o Canadá de forma segura, mas a jornada não correu como planejado.

Era uma família com possibilidades financeiras, segundo o  Pehal News, e, portanto, tinham vistos carimbados nos passaportes e assegurada estadia ao longo da viagem numa pousada.

Jagdish Patel, de 39 anos, a sua mulher, Vaishali, de 37, a filha Vihangi, de 11 anos, e o mais novo, Sin Dharmik, de três, tentaram chegar à América a pé durante a noite, mas morreram congelados devido às baixas temperaturas. De acordo com a imprensa indiana, a família foi encontrada na neve, a 12 metros da fronteira com Estados Unidos da América (EUA).

Chegaram a Toronto no dia 12 de janeiro e, seis dias depois, a Emerson, uma cidade pequena na fronteira do Canadá com os EUA, onde as temperaturas noturnas atingem os 35ºC negativos no inverno. 

Vale destacar que os anúncios ‘oferecendo’ vistos para o Canadá aparecem em paredes e postes de luz em várias cidades e aldeias da Índia. Este negócio começou chegar às povoações mais pequenas, com mensagens como: “Visto fácil para o Canadá, estudante e imigração” ou, por exemplo, “estude no Canadá, inscrição gratuita”, o que leva os indianos a partir em busca de uma vida melhor, mas muitas vezes sem sucesso.

Comentários