Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Genial/Quaest: Lula lidera corrida presidencial com 45%, ante 23% de Bolsonaro

Genial/Quaest: Lula lidera corrida presidencial com 45%, ante 23% de Bolsonaro
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua liderando a corrida presidencial deste ano, de acordo com pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira, 9. Pela amostra, Lula tem 45% das intenções de voto, seguido do presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), com 23%.


Os outros concorrentes seguem abaixo dos dois dígitos. O ex-juiz e ex-ministro Sérgio Moro (Podemos) com 7%; o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) também com 7%; o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 2%; e a senadora Simone Tebet (MDB) com 1%. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), não pontuou.

De acordo com a pesquisa, votos nulos e em branco somam 8%, e os indecisos, 5%. Nas simulações de segundo turno, Lula segue também na liderança. No cenário contra Bolsonaro, o petista tem 54% e o atual mandatário tem 30%.

Rejeição

A pesquisa também mostrou que o presidente Jair Bolsonaro tem a maior taxa de rejeição dentre os presidenciáveis. De acordo com o levantamento, 66% não votariam nele, seguido por Sérgio Moro (Podemos) com 62%, João Doria (PSDB) com 61%, Ciro Gomes (PDT) com 54% e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 43%.

Segundo a Genial/Quaest, 58% dos entrevistados afirmam que a escolha do voto para presidente é definitiva, e 40% afirmam que ainda podem mudar de ideia, dependendo do cenário do momento. Entre os apoiadores de Bolsonaro, 65% dizem que é a escolha final, contra 35% que ainda não têm certeza. Entre os apoiadores de Lula, esse número é de 74% convictos e 25% que não se mostram tão decididos.

Na pesquisa da Genial/Quaest foram entrevistadas 2 mil pessoas acima de 16 anos, de forma presencial, entre os dias 3 e 6 deste mês. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob número BR-08857/2022.

Comentários