Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

PF intensifica fiscalização na Unidade de Conservação Reserva Biológica do Jaru para impedir invasões

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Porto Velho/RO – A Polícia Federal deflagra nesta quarta-feira (9/2) a OPERAÇÃO SENTINELA, com o objetivo de coibir invasões na Reserva Biológica do Jaru (RO), Unidade de Conservação (UC) administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Segundo informações levantadas pela Polícia Federal e relatórios técnicos, indivíduos acamparam nas proximidades do local com a intenção de invadir a Reserva, sendo assim, com real risco de comprometimento da posse pelo Poder Público da área e também degradação ao meio ambiente. Em virtude da necessidade de evitar turbação ou esbulho da Reserva Biológica do Jaru (REBIO JARU), foi expedido pela 1º Vara Cível e Criminal da Subseção Judiciária de Ji-Paraná/RO, liminarmente, mandado de interdito proibitório, visando à manutenção da posse em favor do ICMBio.

Nesta data, a decisão judicial foi devidamente cumprida pela Polícia Federal, juntamente com o ICMBio e Polícia Militar, estando presentes também oficiais de justiça federais para intimação de todos os envolvidos.

Vale destacar ainda que, em ato subsequente, os órgãos incumbidos de promoverem a prevenção e repressão de ilícitos ambientais na Reserva Biológica do Jaru (RO) realizaram, em conjunto, intensa fiscalização na Unidade de Conservação.

O nome da operação se refere ao fato de as entidades federais estarem sempre atentas e vigilantes, visando a prevenir invasões de terras da União.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia

www.pf.gov.br

Comentários