Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

PF investiga suspeitos de compartilhamentos de imagens pornográficas de crianças no Pará

Operação Hélix.png
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Belém/PA – Na manhã desta quinta-feira (3/2), a Polícia Federal cumpriu cinco mandados de busca e apreensão, na residência de investigados por crimes relacionados ao abuso e exploração sexual infantil. A ação é resultado da operação “HÉLIX” e foi deflagrada na região da grande Belém no Estado do Pará.

 A Polícia Federal tem como prioridade o combate aos crimes relacionados ao abuso e à exploração sexual infantil, visando identificar vítimas vulneráveis e prender abusadores, bem como reprimir quem divulga cenas contendo abuso sexual infanto juvenil, fazendo cessar o cometimento de tais ações – as quais afetam diretamente a sociedade e a família brasileira, principalmente crianças e adolescentes.

 Se confirmada a hipótese criminal, os investigados poderão responder pelos crimes de compartilhamento e armazenamento de pornografia infantil, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente. Esses crimes possuem penas máximas que, se somadas, podem chegar a 10 anos de prisão.

 Foi adotada logística especial de preservação de todos os envolvidos na missão, a fim de preservar a saúde dos investigados, testemunhas e policiais com a finalidade de evitar o contágio do COVID-19.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Estado do Pará

Contato: (91) 98422-2396

Instagram @policiafederalpa

 

 

*** O nome da operação remete a Nebulosa de Hélix, também conhecida como “Olho de Deus”, devido ao seu formato visto da Terra, é uma nebulosa planetária localizada na constelação de Aquarius.

Comentários