Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Polícia Civil prende grupo envolvido em homicídio de jovem que estava desaparecido

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil, por meio de investigação realizada pela Delegacia de Gaúcha do Norte, esclareceu um homicídio ocorrido no município e prendeu quatro adultos e apreendeu um adolescente envolvidos no crime.

A apuração do homicídio contou com apoio dos investigadores da Regional e da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Primavera do Leste.

O jovem Flávio Pierre Glbke Mamcrz, 19 anos desapareceu no dia 12 de fevereiro. Conforme a investigação da Polícia Civil, ele foi assassinado, de forma premeditada, em uma quitinete no centro da cidade de Gaúcha do Norte.  Os criminosos, ligados a uma facção, desferiram diversas facadas no corpo da vítima, sem que ela pudesse esboçar qualquer reação.

Após a prática do crime, utilizaram um veículo e levaram o corpo até um matagal, a sete quilômetros da cidade, onde deixaram a vítima.

De acordo com toda a documentação reunida no inquérito policial, o crime teria sido motivado pelo fato da vítima ser integrante de um grupo criminoso rival. A equipe de investigação chegou aos autores do crime após identificar o veículo utilizado pelos criminosos para levar retirar o corpo da vítima e esconder no matagal longe da cidade.  

O corpo de Flávio foi localizado nesta terça-feira. Após as diligências e prisões dos envolvidos, a  Politec foi acionada para fazer a perícia no local onde o corpo foi encontrado.   

As diligências contaram com apoio da Polícia Militar de Gaúcha do Norte, que cumpriu o mandado de prisão de um dos suspeitos e conduziu a mulher de 18 anos que, posteriormente, foi identificada também por envolvimento no homicídio. O veículo, um modelo Gol VW Power, foi apreendido durante as diligências.

O delegado de Gaúcha do Norte, Hugo Abdon, autuou em flagrante os suspeitos – com idades de 18, 23 e 26 anos – por associação criminosa e ocultação de cadáver. No inquérito, eles serão indiciados, também, por homicídio triplamente qualificado.

Em relação aos outros dois suspeitos identificados e que ainda estão foragidos, o delegado já representou à Justiça pela prisão preventiva.

Comentários