Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Thiago Monteiro cai no ranking da ATP e Brasil fica sem tenistas no Top 100

Thiago Monteiro cai no ranking da ATP e Brasil fica sem tenistas no Top 100
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Eliminado na primeira rodada do ATP 250 de Córdoba, na Argentina, onde defendia quartas de final obtida em 2021, o brasileiro Thiago Monteiro perdeu 12 colocações na atualização do ranking da ATP divulgado nesta segunda-feira e saiu do Top 100 nesta semana. Ele era o único representante nacional entre os 100 melhores do mundo e agora esta no 104.º lugar. Mas segue como o melhor do Brasil.


Um pouco abaixo aparece o paranaense Thiago Wild, que manteve a 131.ª colocação, mas em duas semanas terá a árdua missão de defender os 250 pontos conquistados com o título do ATP de Santiago, no Chile, em 2020, que atualmente é quase metade de toda a sua pontuação.

O número 3 do Brasil é o paulista Felipe Meligeni Alves, sobrinho do ex-jogador Fernando Meligeni, que melhorou três posições e agora é o 226.º do mundo. Ainda afastado das quadras, o mineiro João Menezes segue perdendo terreno e nesta semana caiu mais seis lugares, descendo para o 260.º posto.

Na parte de cima do ranking, o casaque Alexander Bublik, campeão do ATP 250 de Montpellier, na França, batendo o alemão Alexander Zverev na final, ganhou quatro colocações com a conquista, alcançou o 31.º lugar e passou a ameaçar o suíço Roger Federer, que está logo à frente, em 30º, com apenas 27 pontos de vantagem (1.665 contra 1.638).

Após sair do Top 20 pela primeira vez desde abril de 2001, encerrando a maior sequência da história entre os 20 melhores do mundo, Federer está prestes a deixar o Top 30 pela primeira vez desde 23 de outubro de 2000, quando era o 34.º melhor do mundo.

Logo abaixo de Bublik, quem também subiu bastante foi o espanhol Albert Ramos Viñolas, campeão em Córdoba, que ganhou 12 colocações com o título e agora é o 32.º do mundo. Outro vencedor do fim de semana, o português João Sousa, voltou ao Top 100 com a conquista do ATP 250 de Pune, na Índia, e teve a maior disparada entre os atuais 100 primeiros, ganhando 51 lugares para alcançar o 86.º posto.

A liderança segue com o sérvio Novak Djokovic, seguido pelo russo Daniil Medvedev, por Zverev, pelo grego Stefanos Tsitsipas e pelo espanhol Rafael Nadal.

Confira o ranking da ATP:

1.º – Novak Djokovic (SER) – 10.875 pontos

2.º – Daniil Medvedev (RUS) – 9.635

3.º – Alexander Zverev (ALE) – 7.865

4.º – Stefanos Tsitsipas (GRE) – 7.145

5.º – Rafael Nadal (ESP) – 6.875

6.º – Matteo Berrettini (ITA) – 5.018

7.º – Andrey Rublev (RUS) – 4.565

8.º – Casper Ruud (NOR) – 4.065

9.º – Felix Auger-Aliassime (CAN) – 3.818

10.º – Jannik Sinner (ITA) – 3.495

11.º – Hubert Hurkacz (POL) – 3.308

12.º – Denis Shapovalov (CAN) – 2.930

13.º – Cameron Norrie (GBR) – 2.865

14.º – Aslan Karatsev (RUS) – 2.633

15.º – Diego Schwartzman (ARG) – 2.550

16.º – Pablo Carreño Busta (ESP) – 2.435

17.º – Roberto Bautista Agut (ESP) – 2.380

18.º – Gael Monfils (FRA) – 2.313

19.º – Taylor Fritz (EUA) – 2.310

20.º – Cristian Garin (CHI) – 2.193

104.º – Thiago Monteiro (BRA) – 680

131.º – Thiago Wild (BRA) – 547

226.º – Felipe Meligeni Alves (BRA) – 278

Comentários