Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Abramovich e negociadores ucranianos sofreram sintomas de envenenamento

Abramovich e negociadores ucranianos sofreram sintomas de envenenamento
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

O bilionário russo Roman Abramovich, e outros dois negociadores ucranianos, estariam sofrendo sintomas de envenenamento, revelou o Wall Street Journal.

O envenenamento teria ocorrido no início do mês, com o (ainda) dono do Chelsea tendo sido intoxicado pouco tempo depois de ter estado em Kyiv como negociador de paz, noticiou o jornal norte-americano.

Segundo fontes próximas dos três homens, os negociadores começaram a apresentar irritação nos olhos, lágrimas dolorosas e pele descamando no rosto e nas mãos.

Abramovich tem voado de país para país, com o seu jato privado e os seus iates a serem avistados na Rússia, Turquia e Israel nas últimas semanas. O empresário viu as suas contas e bens congelados devido às sanções econômicas impostas a oligarcas russos, e a sua dupla-nacionalidade portuguesa via mudança na legislação para descendentes de judeus de sefarditas está envolvida em polêmica.

O site de investigação Bellingcat também confirmou com analistas que os sintomas apresentados pelos três membros das negociações são consistentes com “sintomas de envenenamento com armas químicas”.

Segundo o mesmo grupo de investigação holandês, a reunião em que Abramovich e os dois ucranianos terão sido envenenados ocorreu no dia 3 de março em território ucraniano, e durou até às 22h. 

Comentários