Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Abramovich retorna às negociações por paz após suspeita de envenenamento

Abramovich retorna às negociações por paz após suspeita de envenenamento
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Dono do Chelsea, Roman Abramovich retomou seu papel como um dos negociadores pela paz na guerra entre Rússia e Ucrânia após ter apresentado sintomas de envenenamento. Segundo o SkySport, Abramovich viajou a Istambul, na Turquia, para uma rodada de dois dias de reuniões, que incluem encontro com o presidente do país, Recep Tayyip Erdogan.

O oligarca russo e negociadores ucranianos teriam sido vítimas de um possível envenenamento após uma reunião em Kiev no início de março, de acordo com informações publicadas na segunda-feira (28) por pelo “The Wall Street Journal”.

De acordo com o periódico norte-americano, que citou algumas fontes, os responsáveis pelo suposto ataque podem ter sido representantes de Moscou que queriam sabotar as negociações para acabar com a guerra na Ucrânia.

Após a cúpula na capital ucraniana, Abramovich teria apresentado sintomas como olhos vermelhos e descamação da pele no rosto e nas mãos, segundo as fontes ouvidas pelo veículo de comunicação.

Um grupo de especialistas que está investigando o incidente acredita ser difícil determinar se os sintomas foram causados por um agente químico ou biológico, ou até mesmo se foi um ataque com radiação eletromagnética. Os Estados Unidos e diversas outras nações europeias promoveram sanções contra o oligarca russo em virtude da guerra em território ucraniano.

Comentários