Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Árbitro romeno para a Copa sofre ataque cardíaco e pode se aposentar aos 41 anos

Árbitro romeno para a Copa sofre ataque cardíaco e pode se aposentar aos 41 anos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Ovidiu Hategan se destacou apitando os últimos jogos entre seleções da Europa e foi o árbitro principal no duelo de volta entre Manchester United e Atlético de Madrid. O bom desempenho o fez ser pré-selecionado para representar a Romênia na Copa do Mundo. Mas, neste domingo, ele sofreu um ataque cardíaco, foi operado as pressas e pode até abandonar a carreira com somente 41 anos.


Hategan treinava normalmente em casa, em Arad, para manter a forma, quando sentiu fortes dores no peito. Médico de profissão, ele pegou seu carro e foi dirigindo até um pequeno hospital da cidade. Por causa da gravidade, após a realização de exames, acabou transferido às pressas para um hospital de Timisoara, onde passou por cirurgia.

“Agora estou bem. Está tudo bem. Ainda estou sob observação médica. Preciso de paz e descanso”, afirmou Hategan, em um comunicado divulgado no site oficial da federação romena.

Apesar de garantir que o pior já passou, Hategan não sabe se poderá voltar a apitar jogos por causa do forte esforço físico que a profissão exige. Ele passará por baterias de exames e testes regulares nos próximos meses para saber se terá condições de voltar aos gramados.

O árbitro ficará internado até o fim de semana, sob observação. Foi instalado um Sten em seu coração após o diagnóstico de um veia entupida. Ele não apitava na Liga Romena desce o dia 3 de março. E estava sem trabalhar em jogos desde Manchester United x Atlético de Madrid, dia 15.

Comentários