Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Bolsonaristas e Moro ironizam Lula por uso de relógio importado

Bolsonaristas e Moro ironizam Lula por uso de relógio importado
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-juiz Sergio Moro usaram as redes sociais para ironizar o ex-presidente Lula (PT) pelo uso de um relógio caro em evento do PC do B, neste final de semana, no Rio de Janeiro.


A imagem que mostra o relógio do petista, feita por sua equipe, foi publicada pela presidente nacional do PT, a deputada Gleisi Hoffmann, em suas redes sociais.

A foto mostra parte do braço erguido de Lula, com o relógio da marca suíça Piaget no pulso, enquanto acena aos convidados do evento, ao fundo.

“Linda a festa de 100 anos do PCdoB! História de coerência na luta pelos direitos do povo, pela soberania e democracia no Brasil”, escreveu a presidente do PT ao postar a imagem.

Bolsonaristas alegam uma suposta contradição entre o discurso de Lula em defesa dos pobres e o relógio caro em seu pulso. Um modelo original desse custa em torno de R$ 80 mil.

Líder nas pesquisas de intenção de voto, Lula repete em seus discursos que pobre gosta e tem o direito de usar produtos de qualidade. Ele fala, por exemplo, sobre o direito das camadas mais pobres de terem renda suficiente para tomar cerveja e comer picanha nos finais de semana.

“O pai dos “probe” segue a saga da facção!”, escreveu o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, e, postagem sobre o tema em suas redes sociais.

Ele citou que a foto publicada nas redes sociais de Lula estava com um corte que impede a visualização da marca do relógio.
Já Moro postou a foto de seu relógio, de modelo Casio. E escreveu: “Sem retoque”.

Procurada, a assessoria do ex-presidente Lula não quis se manifestar sobre o tema.

Comentários