Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

‘Fiquei petrificada’, diz Angélica ao desabafar sobre abuso sexual na adolescência

'Fiquei petrificada', diz Angélica ao desabafar sobre abuso sexual na adolescência
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

A apresentadora Angélica Ksyvickis, 48, revelou que sofreu um abuso sexual quando tinha apenas 15 anos de idade, durante uma viagem a trabalho na França para promover a música “Vou de Táxi”.


Em conversa com a advogada Luciana Temer, divulgada no último fim de semana, ela afirma que ninguém percebeu o ocorrido e que ela mesma só foi perceber o abuso mais tarde.

“Eu nunca tinha falado [sobre isso]. E acho que a gente acaba minimizando as coisas, às vezes. Por vários motivos, [acaba] não expondo esse tipo de assunto. E eu achei necessário. Falei na hora da entrevista sobre um abuso que eu sofri quando tinha mais ou menos uns 15 anos, durante um trabalho”, contou a apresentadora em vídeo publicado no Instagram.

Na entrevista, ela relata o ocorrido: “Um grupo de jovens, homens, meninos. turistas. Aí o fotógrafo falou assim: ‘fica ali do lado dela pra fazer foto’ e eu tava ali atrás de um táxi amarelo, e vieram aqueles meninos todos. E quando o fotógrafo falou: ‘a gente é do Brasil, é uma cantora brasileira’, eles foram ficando perto de mim, se aproximando e se esfregando em mim. E eu lembro que eu estava fazendo as fotos e você fica meio sem reação”, contou.

“Um dos meninos ficou passando a mão na minha bunda, passando a mão em mim inteira. E eu atrás de um táxi, ninguém tava vendo, ninguém percebeu. E eu não fiz nada, fiquei petrificada”.

Comentários