Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Inter confirma demissão de diretor executivo, mas mantém Alexander Medina

Inter confirma demissão de diretor executivo, mas mantém Alexander Medina
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

MARINHO SALDANHA
PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) – Paulo Bracks não é mais o executivo de futebol do Internacional. Em entrevista coletiva na noite desta sexta-feira (4), o presidente do clube, Alessandro Barcellos, comunicou a saída do dirigente. No entanto, o técnico Alexander Medina permanecerá no comando.


Foram sete horas de reunião até as 21h15 (de Brasília) desta sexta-feira, quando a direção do Internacional se manifestou sobre as mudanças previstas no departamento de futebol. Diretoria e Conselho de Gestão concluíram que o melhor para o futuro do clube é a ruptura na direção e a permanência do comando técnico.

“Precisamos corrigir os rumos a partir do que aconteceu ontem [quinta, derrota para o Globo-RN e eliminação na Copa do Brasil], numa competição que esperávamos ir adiante”, disse o presidente Alessandro Barcellos. “Tivemos uma imersão importante nas questões que envolvem o futebol do Internacional”, acrescentou.

Paulo Bracks assumiu como executivo de futebol do Inter no fim de dezembro de 2020. Em sua caminhada no Beira-Rio, participou de todas as decisões de mercado do clube, mas o resultado esportivo não foi tão diferente do que acontecia anteriormente. O time não conquistou títulos. Sua saída foi a primeira troca no posto profissional do futebol desta direção.

“Precisamos cumprir com nosso compromisso com o torcedor que é um melhor condição de equipe para a comissão técnica aprimorar seu trabalho”, explicou o mandatário. “Precisamos de um plantel mais qualificado, óbvio que as condições não são as ideais, mas vamos fazer isso”, disse.

O vice de futebol Emilio Papaléo também vai permanecer no cargo. Medina, por sua vez, segue sob pressão e precisa mostrar evolução. No momento, segue no comando, mas será avaliado.

“Fizemos uma reunião com nosso comandante técnico para ouvir suas percepções E para passar a ele toda preocupação que é da direção e da torcida, de todos os colorados, na busca por uma construção de um time mais competitivo, uma equipe que tenha as suas características, que nos levou a contratar do Talleres”, avaliou o presidente colorado.

“Uma conversa importante e longa e temos a convicção que esta comissão técnica, junto com este grupo de jogadores e os que virão, e os que também sairão, que é trabalhado na mudança de fotografia, de estarmos renovando esse time e buscando uma melhor formação para o modelo de jogo que o fez ser destaque principalmente no Talleres. Nós temos compromissos, e também que ele possa com o time que tem dar uma dinâmica diferente da que está acontecendo. Esta sintonia foi percebida na conversa, entre comissão e jogadores, e precisamos que isso resulte em uma forma de jogar e nos resultados que queremos”, finalizou.

Comentários