Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Kalil diz que é MDB, mas flerta com UB

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Da redação Rogério Florentino

 

 

 

O prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat (MDB) optou pelo não desgaste e resolveu não se posicionar diante da disputa  eleitoral em torno do grupo do governador Mauro Mendes (UNIÃO) e o do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) na busca pelo Palácio Paiaguás. Em evento na última semana, ele afirmou que “é partidário”, mas que nunca escondeu ser “aliado do governador”.

“Eu sou PMDB, sou partidário, e vamos aguardar qual vai ser o rumo das conversas do partido, do grupo político que sempre me apoiou, que a gente está junto”, afirmou o prefeito. Baracat citou a possível candidatura de Emanuel ao Governo, disse que ainda não havia conversado com Pinheiro, mas que iria se reunir com ele em breve.

Buscando permanecer com todas as alternativas em aberto,  citou sua admiração pelo governo Mauro. “Nós somos aliados do governo do Estado, tanto é que o governador vem hoje aqui lançar uma obra importante para a cidade, como outras que ele vem investindo em Várzea Grande. (…) Nós temos várias frentes no partido, umas que defendem a candidatura do governador Mauro Mendes, outras que defendem candidatura própria do partido, então a gente vai avaliar e dentro do partido a gente vai discutir qual é o melhor caminho”.

O prefeito preferiu ficar em cima do muro também em relação ao Senado. “Essa é uma discussão que precisa ser muito bem feita, até porque os dois candidatos que estão colocados aí são parceiros nossos, tanto Neri quanto Wellington, tenho um bom relacionamento com os dois. E aí depende muito de como vai ser a conjuntura política, então onde o MDB vai estar alinhado. (…) Estamos aguardando as discussões, as discussões acaloram e as convenções são lá em julho, então tem muita coisa ainda para acontecer”.

Comentários