Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Naomi Osaka arrasa a lesionada Danielle Colins e avança à semifinal em Miami

Naomi Osaka arrasa a lesionada Danielle Colins e avança à semifinal em Miami
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Naomi Osaka continua soberana no WTA 1000 de Miami e já está nas semifinais. A tenista japonesa não perdeu nenhum set no torneio e sua quinta vitória veio de maneira arrasadora contra a norte-americana Danielle Colins, que jogou machucada. Com somente 59 minutos, avançou com 6/2 e 6/1.


Em busca de seu quinto título em Miami, Osaka volta à quadra na quinta-feira para enfrentar a campeã olímpica Belinda Bencic, que avançou com vitória semelhante à da japonesa, com as mesmas parciais, mas em sets invertidos. A suíça passou pela australiana Daria Saville por 6/1 e 6/2. Precisou de 10 minutos a mais para fechar a partida.

A vitória de Osaka foi beneficiada por problemas físicos de Colins, que além de dores no pescoço – pediu atendimento ao longo do jogo – ainda estava com uma infecção viral e pouco conseguiu fazer em quadra. Ao saber das condições da rival, Osaka mostrou preocupação. “Espero que ela esteja bem. Ela lutou durante a partida.”

A japonesa ganhou quatro jogos por 2 a 0 em Miami e nem precisou se esforçar no sábado, avançando com triunfo por W.O. diante de Karolina Muchova. Sem erguer um troféu desde o Aberto da Austrália de 2021, ela espera desencantar em Miami.

“Este é o torneio da minha infância e eu adoraria ganhar aqui”, declarou Osaka, que morou no sul da Flórida em boa parte de sua juventude. “Mas tenho de levar uma rodada de cada vez.”

Sem enfrentar cabeças de chave em Miami, Bencic quer apenas seguir desfrutando os bons resultados. “Já joguei com Osaka antes, então sei como é interpretá-la”, disse. “Estou muito feliz por ter conseguido um grande resultado aqui e todo o resto é um bônus. Vou aproveitar e fazer o melhor que puder.”

Comentários