Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Palmeiras consegue liberação para jogar final de domingo no Allianz Parque

Palmeiras consegue liberação para jogar final de domingo no Allianz Parque
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

A novela envolvendo a escolha da data do segundo jogo da final do Campeonato Paulista foi, enfim, encerrada. O Palmeiras conseguiu a liberação com a WTorre e mandará a finalíssima diante do São Paulo no Allianz Parque, domingo, dia 3. Falta, ainda, decidir o horário do duelo que definirá o campeão estadual.

Segundo o clube, o acordo que permite a realização da partida decisiva na arena palmeirense foi negociado pessoalmente pela presidente Leila Pereira com Luis Davantel, CEO da WTorre, responsável pela construção do Allianz Parque e dona dos direitos de exploração do local.

“Trabalhamos intensamente para que o nosso direito fosse respeitado. Nunca vamos nos sujeitar à pressão de terceiros”, afirmou a mandatária. Ela havia respondido a Julio Casares, presidente do São Paulo, que não abriria mão de o time alviverde decidir o título estadual em casa, depois que o mandatário são-paulino havia dito que o regulamento deveria ser respeitado e falado em “desequilíbrio técnico e fisiológico”.

“Se quisermos melhorar o futebol brasileiro e criar uma liga forte, precisamos de união entre os clubes. Não podemos mais aceitar que os nossos dirigentes continuem a adotar posturas individualistas”, rebateu a presidente do Palmeiras.

O Palmeiras queria que o segundo jogo da decisão fosse no sábado para que houvesse tempo hábil para decidir o título paulista no Allianz Parque. Cabe explicar: o estádio receberá o show da banda Maroon 5 terça-feira, dia 5. Mesmo sem a antecipação da data, a arena poderá ser palco do jogo e do evento musical.

Houve uma reunião na manhã desta segunda-feira na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF) com representantes dos clubes e da Record, emissora detentora dos direitos de transmissão, para definir as as datas, horários e locais das finais. Inicialmente os dirigentes não chegaram a um consenso. Depois, o Palmeiras conversou com a WTorre e conseguiu a liberação para jogar em seu estádio no domingo.

O Palmeiras é o único invicto e ostenta a melhor campanha geral do Paulistão, o que lhe deu a vantagem de decidir em casa todos os confrontos do mata-mata do torneio.

A primeira partida está agendada para quarta-feira, às 21h40, no Morumbi. A final do Paulistão voltará a ter público nos estádios após dois anos. A pandemia de covid-19 afastou os torcedores das arquibancadas nas decisões de 2020 e 2021. O Palmeiras jogará a sua terceira final seguida do torneio e o São Paulo, o atual campeão, a segunda.


Comentários