Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

PM liberta refém e recupera carga de defensivos agrícolas avaliada em R$ 700 mil

- Foto por: PMMT
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

A Polícia Militar libertou um motorista de caminhão mantido refém e recuperou uma carga de defensivos agrícolas avaliada em R$ 700 mil, na noite desta quarta-feira (09.03), em Santo Antônio do Leverger.

Por volta das 18h a PM foi acionada por uma transportadora que informou que verificou, durante monitoramento, a mudança de rota de um de seus caminhões. Segundo a denúncia, o veículo carregava 13 toneladas de defensivos agrícolas e transitava pela rodovia BR-364 com destino a Cuiabá, mas adentrou a rodovia MT-361, com destino incerto.

Seguindo as coordenadas informadas, os policiais localizaram o caminhão na margem da rodovia estadual. Em diligências, a equipe ouviu um pedido de socorro e encontrou o motorista do caminhão amarrado dentro da mata. A vítima foi solta e revelou que transitava pela rodovia federal, quando o caminhão ficou entre dois veículos que o forçaram a diminuir a velocidade. Em seguida, em um dos carros, o suspeito apontou uma arma de fogo e obrigou o motorista a parar o caminhão.

Os suspeitos invadiram o veículo de carga pela janela e fizeram o motorista trafegar no sentido da rodovia estadual e entrar em uma estrada vicinal. A vítima conseguiu acionar um botão e fazer com que o veículo fosse bloqueado. O motorista também relatou que foi obrigado a descer do caminhão e mantido refém sob arma de fogo por cerca de 2 horas até a chegada da polícia, quando os suspeitos evadiram do local.

Diante dos fatos, a vítima foi encaminhada para a Delegacia de Santo Antônio do Leverger para registrar o boletim de ocorrência. O caminhão também foi levado, assim como sua carga recuperada, avaliada em R$ 700 mil. A PM segue em diligências em busca da quadrilha que teve a tentativa de roubo frustrada.

Disque-Denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 
Comentários