Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Policia Civil prende dois envolvidos em homicídio ocorrido em janeiro em Poconé

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Assessoria/Polícia Civil-MT

 

Dois envolvidos em um homicídio ocorrido no mês de janeiro em Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) tiveram os mandado de prisão temporária cumpridos pela Polícia Civil, nesta quinta e sexta-feira (03 e 04.03). Segundo as investigações, o crime foi motivado por vingança após uma briga entre um dos suspeitos e a vítima.

O crime que vitimou Ezildo Antônio Gomes da Silva ocorreu no dia 10 de janeiro, por volta das 21 horas, ocasião em que a vítima foi esfaqueada em via pública, no bairro Jurumirim. A vítima chegou a ser socorrida, porém não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte aos fatos.

As investigações da Delegacia de Poconé apontaram quatro envolvidos no crime, sendo três deles identificados. No início dos trabalhos investigativos os suspeitos alegaram ter agido em legítima defesa, versão que foi descartada com a evolução das investigações.

A primeira versão apresentada no local dos fatos seria que um dos suspeitos teria quase atropelado a vítima, dando início a uma briga entre eles. A discussão teria evoluído para vias de fato, ocasião em que dois amigos do suspeito chegaram para ajudar a separar a briga, ocasião em que a vítima já havia sido atingida por um golpe de faca.

Porém em continuidade as investigações, foram ouvidas diversas testemunhas que trouxeram novos elementos que ajudaram a esclarecer as reais circunstâncias dos fatos. Segundo apurado, cerca de uma hora antes dos fatos a vítima e o suspeito tiveram uma discussão, ocasião em que o suspeito foi agredido pela vítima.

Eles seguiram para rumos diferentes, ocasião em que o suspeito acionou mais dois comparsas para ajudar a matar a vítima. Diante das evidências, o delegado de Poconé,  Maurício Maciel Pereira Júnior, representou pela prisão temporária dos dois suspeitos, que foram deferidas pela Justiça.

A ordem de prisão temporária contra um dos suspeitos foi cumprida na quinta-feira (03) em Poconé. O suspeito identificado como autor das facadas foi preso nesta sexta-feira (04), em diligências em Cuiabá. As diligências continuam em andamento para prender os outros dois envolvidos no crime. 

Comentários