Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Vyni se destaca como figurante no Jogo da Discórdia

Vyni se destaca como figurante no Jogo da Discórdia
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Nesta noite de segunda-feira (28) aconteceu o Jogo da Discórdia no BBB 22 (Globo). Os participantes tiveram que se reunir no gramado para a dinâmica que consistia definir os papéis de protagonista, antagonista, coadjuvante e figurante do programa, na visão de cada brother.


Individualmente, eles tiveram que nomear uma pessoa e justificar o motivo da sua escolha. Os que mais se destacaram no jogo foram; Vyni (citado mais vezes como “figurante”); Laís (citada mais vezes como “coadjuvante”) e Linn da Quebrada (eleita “antagonista” por mais pessoas).

Pedro Scooby também chamou atenção ao ser o único participante que não se colocou como protagonista da própria história. Em vez disso, ele elegeu o amigo Paulo André como o personagem principal da sua narrativa.

Gustavo foi quem abriu a noite e na sua visão, na história do BBB 22 quem é o protagonista é ele mesmo; o antagonista: Eliezer; a coadjuvante: Laís; e a figurante: Jessilane.

Em seguida foi a vez de Eslovênia. A sister se definiu como protagonista do jogo, enquanto o seu antagonista foi Douglas Silva (DG); o coadjuvante: Lucas; e figurante: Paulo André (PA). “Ainda não te enxergo muito posicionado isso me deixa inquieta”, disse a modelo ao atleta.

Vyni, eleito o figurante da edição pela maioria dos brothers, se colocou como protagonista, escolheu Gustavo como o seu antagonista; Eliezer como o coadjuvante da sua história e DG como figurante -o que incomodou o ator, que logo indagou: “Eu figurante?”.

DG foi o próximo a jogar e também se colocou como protagonista. Escolheu Lina como antagonista; coadjuvante: Pedro Scooby; por fim, Vyni como figurante. “Não vejo ele fazendo nada. Durante o dia a gente quase não vê ele”, justificou.
Emparedada, Larissa se definiu como protagonista, escolheu Lina como sua antagonista; a amiga Laís como coadjuvante da sua história e PA como figurante.

Laís jogou em seguida e assim como os outros brothers também se colocou como protagonista. Arthur Aguiar foi escolhido como seu antagonista, já a coadjuvante ficou com Jade Picon e figurante o Vyni. “Não vejo mais o mesmo Vyni das primeiras semanas. É como um toque porque você pode brilhar e eu quero ver você brilhar”, explicou.

PA escolheu ele mesmo como protagonista. Optou por Lina como sua antagonista, Pedro Scooby o coadjuvante e Vyni como figurante. Já Lina também se colocou como protagonista, escolheu DG como o antagonista, Jessilane a sua coadjuvante e PA como figurante.

Na sua vez, Scooby elegeu PA como protagonista, Lina como antagonista, DG como coadjuvante e Larissa como figurante. O apresentador Tadeu Schmidt questionou o surfista por ele não se incluído na dinâmica e ele brincou dizendo que se tivesse a definição de “participação especial”, teria colocado o seu nome.

Jade se priorizou como protagonista e escolheu Arthur como o antagonista do seu jogo. Segundo ela, os dois só vão se resolver quando um deles deixar o programa. Laís foi colocada no papel de coadjuvante e Lucas como o figurante.

Arthur também se escolheu como protagonista e rebateu o papel de antagonista em Jade. Ele afirmou que a sister que se colocou nessa posição e quando ela sair do programa, vai perceber que suas “conclusões são equivocadas sobre ele”. O ator elegeu Lucas como coadjuvante e Larissa como a figurante da história.

Lucas se defendeu de Jade e afirmou que está vivendo intensamente o programa, e também lembrou que como Líder, eliminou a Brunna Gonçalves. Ele deu o papel de protagonista para ele mesmo, o de antagonista para Jade, coadjuvante para Eslovênia e figurante para Jessilane.

Já chegando ao fim, Natália também se colocou como protagonista e definiu Eslovênia a antagonista da sua história no reality. Ela prestigiou a amiga Jessilane como coadjuvante e escolheu Vyni como figurante.

Eliezer se elegeu protagonista, escolheu Gustavo como antagonista e Vyni como seu coadjuvante. Já o papel de figurante ele deu para Jessilane.

Por último, mas não menos importante, Jessilane rebateu as acusações de que ela seria apenas a figurante e se definiu como protagonista. Jade foi a sua escolha como antagonista do programa -e não apenas da sua versão- e Eslovênia a coadjuvante de Jade. Eliezer foi posto como figurante por ela.

Comentários