Conexão MT

Notícias de Mato Grosso e do Mundo

Varíola dos macacos: agência europeia diz que o vírus não se espalha facilmente entre as pessoas

Varíola dos macacos: agência europeia diz que o vírus não se espalha facilmente entre as pessoas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Diante do atual surto de varíola dos macacos, que já engloba nove estados membros da União Europeia, a agência para controle de doenças local afirmou nesta segunda-feira, 23, que o vírus causador não se espalha facilmente entre as pessoas. Em comunicado, o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC, na sigla em inglês) aponta que a transmissão de humano para humano ocorre por contato próximo com material infeccioso de lesões de pele de uma pessoa infectada e por gotículas respiratórias em contato prolongado face a face.

Segundo o centro, a predominância de casos no surto atual e a natureza das lesões apresentadas sugerem que a transmissão ocorreu durante relação sexual. Na avaliação do organismo, o risco geral é avaliado como moderado para pessoas com múltiplos parceiros sexuais e baixo para a população em geral.

Os casos devem permanecer isolados até a cura completa das erupções, evitando contato com pessoas imunossuprimidas e animais de estimação, aponta o ECDC. A abstenção de atividade sexual e contato físico próximo também é aconselhável até que a erupção se cure, e a maioria dos casos pode permanecer em casa com cuidados de suporte, diz o comunicado.

“Ainda existem várias incógnitas em relação a este surto e o ECDC continuará a acompanhar de perto os desenvolvimentos e a atualizar a avaliação de risco à medida que novos dados e informações estiverem disponíveis”, conclui.


Comentários