Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Neymar brilha, PSG atropela o Nantes e ergue o 11° troféu da Supercopa da França

Neymar brilha, PSG atropela o Nantes e ergue o 11° troféu da Supercopa da França
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

A temporada começou promissora para o Paris Saint-Germain. Neste domingo, comandado pelo brasileiro Neymar, autor de dois gols e uma assistência, a equipe resgatou a hegemonia na Supercopa da França, na qual é a maior campeã, ao ganhar fácil do Nantes, com goleada por 4 a 0, e erguer o 11° troféu da competição.

Sem o astro Mbappé, suspenso, o técnico Christophe Galtier apostou todas as suas fichas em Neymar e no argentino Messi, que terminaram a temporada passada sob desconfiança da torcida, no estádio Bloomfield, em Tel Aviv, em Israel. E a resposta foi a melhor possível.

Presente nas últimas 10 decisões, o PSG viu a sequência de oito conquistas interrompida na temporada passada ao perder a final para o Lille, por 1 a 0. Para resgatar o prestígio, o time de Paris apostou na ofensividade em Israel e viu seus astros sul-americanos deixarem a conquista bem encaminhada ainda no primeiro tempo.

Linda assistência de Neymar em bola cruzada pelo meio e finalização perfeita de Messi para abrir o caminho do título aos 22 minutos. Antes do intervalo, a dupla novamente entrou em ação. Falta na entrada da área, ambos cochicham e o argentino apenas passa pela bola. Engana os rivais e vê o brasileiro mandar no ângulo.

Neymar dá soco no ar, faz caretas e agradece aos céus pelo gol. Apesar das notícias de que pode ser dispensado pelo clube, ele não se cansa de exaltar a vontade de permanecer em Paris e dar a volta por cima após temporada passada frustrante.

Outro reforço do ano passado que ainda não justificou o investimento, o zagueiro espanhol Sérgio Ramos ampliou com 10 minutos do segundo tempo. Aproveitou o rebote e, de costas, deu toque de classe de calcanhar para fazer 3 a 0. Abatido e sem forças, o Nantes apenas tentava evitar um vexame maior. Mesmo assim, ainda sofreu mais um gol do herói do dia. Neymar bateu pênalti com classe, devagarinho, para transformar o resultado em goleada.

A festa foi grande do PSG, que viu seus astros renegados se redimirem em um domingo que o torcedor gostaria de ver sempre na atual temporada. Neymar e Messi começaram bem e a expectativa é pela manutenção do alto nível.


Comentários