Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Sobe para 26 o número de mortos em inundações no Kentucky

Sobe para 26 o número de mortos em inundações no Kentucky
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Subiu para 26 o número de mortos em inundações causadas por fortes chuvas no leste do estado norte-americano de Kentucky. E o número de vítimas deve aumentar, disse o governador Andy Beshear neste domingo (31).

Segundo a Reuters, há crianças estão entre os mortos. “Há danos generalizados com muitas famílias deslocadas e mais chuva esperada ao longo do dia seguinte”, afirmou Beshear.

Ao canal NBC News, o governador do Kentucky afirmou que “muitos corpos serão encontrados nas próximas semanas”.
Quatro crianças morreram nas inundações, e as investigações apontam que mais duas estariam entre as vítimas.

Mais chuva pela frente
As inundações transformaram muitas estradas em rios, e algumas casas em áreas baixas ficaram quase completamente submersas, apenas com os telhados visíveis.

“Com uma frente fria se movendo para o sul, a área permanecerá praticamente seca até hoje. O tempo seco deve terminar na tarde de domingo, quando a barreira sobe para o norte de volta para a região”, tuítou o escritório do Serviço Nacional de Meteorologia em Jackson, Kentucky.

Beshear explicou à CNN que as chuvas iminentes representam um desafio, porque, embora não se espere que sejam “históricas” em seus registros, constituirão um cenário “difícil”.

As inundações no leste de Kentucky são as últimas de uma série de eventos extremos que os cientistas dizem ser um sinal claro da mudança climática.

Em dezembro, dezenas de tornados violentos atingiram cinco estados do centro dos Estados Unidos, principalmente Kentucky, matando pelo menos 79 pessoas.

“Aprendemos muitas lições no oeste do Kentucky com aqueles tornados devastadores há cerca de sete meses, então estamos fornecendo todo o apoio que podemos e estamos nos movendo rapidamente para ajudar”, afirmou.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, declarou o estado em “desastre natural” e aprovou reforços federais para apoiar as áreas afetadas por “tempestades, inundações, deslizamentos de terra e avalanches”.

Comentários