Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

Estudante recebe alta após 8 dias de internação no HMC: “Se não fosse a equipe do hospital eu não estaria viva”

c0497e122901cc03dd930833e40bd4ec-1
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Após 8 dias internada, depois de ser atacada com objeto perfurante por colega em sala de aula, na Escola Estadual Cesário Neto, em Cuiabá, a paciente Laura Fernandes, 19 anos, recebeu na segunda-feira (20), alta do Hospital Municipal de Cuiabá e Pronto-Socorro “Dr. Leony Palma de Carvalho” (HMC) sem sequelas graves. “Se não fosse a equipe do hospital eu não estaria viva. Obrigada”, agradeceu a paciente. 

“Enquanto eu estava a caminho do hospital, eu achei que fosse morrer, pois estava com falta de ar e perdi muito sangue. Acredito que foi feito o possível e o impossível pela minha vida. O atendimento foi rápido, profissionais dedicados que correram contra o tempo para me salvar. Agradeço muito os médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem, todos me trataram bem. E a enfermagem sempre presente perguntando como eu estava e se colocando à disposição. Meu atendimento foi ótimo”, completou a estudante. 

Ela foi acolhida no HMC no dia 13/09 em estado grave e imediatamente passou por cirurgia de urgência e emergência na região cervical, subclávia e axila realizada pela cirurgia geral. Após o procedimento cirúrgico, foi encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI), hemodinamicamente instável, sedada, intubada e em suporte de ventilador mecânico. Foram 4 dias dentro da UTI, e com a melhora do quadro clínico, Laura ficou sob os cuidados da enfermaria. 

Segundo a responsável técnica das UTIs, Naligya Barroso, Laura respondeu muito bem a terapêutica proposta e foi extubada no dia 14/09. “Ela obteve toda a estrutura física de qualidade para que sua saúde fosse restabelecida, mas destaco a importância de cada profissional que prestou assistência a ela, com dedicação, profissionalismo e a humanização no processo do cuidar”, ressaltou. 

“A gestão e a direção do HMC entendem que cada paciente que aqui está é o amor de alguém. Toda a equipe de profissionais atua com carinho e dedicação, diariamente, para que os pacientes que estão em cuidados intensivos, retornem o mais breve possível para junto de seus familiares”, completou.

 Segundo Paulo Rós, diretor-geral da ECSP, que administra o HMC, a gestão humanizada do prefeito Emanuel Pinheiro oferece assistência completa aos pacientes em várias especialidades, além dos equipamentos novos e modernos para a realização de exames. 

“Todos os pacientes internados são assistidos por equipe de multiprofissionais e por especialidades médicas conforme a patologia apresentada. No caso da Laura, ela realizou exames de diagnósticos e de controle como tomografias computadorizadas e raios-X e foi amparada pela equipe médica da cirurgia geral, clínico geral, enfermeiros e técnicos em enfermagem, fisioterapia e acompanhamento diário com nutricionistas, fonoaudiólogos, odontólogos, psicólogos e serviço social”, informou Rós. 

A estudante mora na região oeste em Cuiabá. Ela é casada e mãe de duas crianças. “Estou muito feliz com a minha recuperação. Não fiquei com sequelas graves, apenas com a cicatriz dos pontos. Graças a Deus e ao atendimento recebido estou bem e em casa com a minha família. Meu sentimento é de gratidão”, finalizou.

Comentários