Conexão MT

As Notícias se Encontram Aqui!

F1: Domenicali acredita em grid mais apertado na Fórmula 1 no futuro

0001114950_hires_0wpsbcw0otq5ts0mwzqtc0edmt4x
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real CLICA AQUI

Stefano Domenicali, CEO da Fórmula 1, continua a acreditar que as mudanças nos regulamentos da categoria, irão aproximar mais os carros em termos de desempenho.

Domenicali classificou o teto orçamentário como um ‘aspecto crucial’, sobre como as equipes acabarão por se aproximar umas das outras, dada a igualdade (ou pelo menos proximidade) financeira na categoria.

O regulamento de 2022 veio com a ideia de agrupar os carros e melhorar as disputas na Fórmula 1, mantendo-se uma meritocracia.

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘dmp-v-par-1’); });

Mas a Red Bull, a Ferrari e, em menor grau, a Mercedes, mais uma vez se distanciaram do resto do pelotão, mantendo uma vantagem significativa de desempenho para as sete equipes restantes no campeonato de construtores.

O desempenho dos carros naturalmente converge lentamente, à medida que as equipes encontram os limites de desempenho dentro do conjunto de regulamentos disponíveis, mas o domínio da Red Bull e da Ferrari é indicativo da vantagem que eles têm atualmente na Fórmula 1.

Domenicali pediu uma análise sobre o que levou as duas principais equipes a manter a vantagem que têm no momento, e em quanto tempo as diferenças de desempenho podem ser diminuídas para tornar a categoria mais competitiva novamente.

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘dmp-v-par-2’); });

“Está claro que um campeonato com essas diferenças entre o primeiro e o segundo lugar, não entregará o final disputado que vimos no ano passado”, disse Domenicali à mídia italiana, citado pelo Motorsport.com.

“Mas, apesar disso, acredito que do ponto de vista técnico, é importante entender a rapidez com que certas lacunas de desempenho podem ser fechadas, e esse é um dos pontos em que o regulamento se baseou.”

“Também precisamos ver o quanto o desempenho dos carros foi influenciado pelos regulamentos, e quanto se deveu à confiabilidade ou aos problemas de gerenciamento. É preciso uma boa análise para entender o que causou uma grande lacuna entre os líderes e os demais”, disse ele.

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘dmp-v-par-3’); });

“Porque se olharmos o ranking como um todo, vemos atrás do líder que há disputas mais acirradas do que no passado. Quero dar uma interpretação positiva para isso. Acredito que nos próximos anos, os regulamentos levarão a uma redução ainda mais apertada da diferença que existe atualmente entre o líder e os demais”, acrescentou Domenicali.

Comentários